Dança e música aquecem a cultura de Camaragibe nesta semana

O município de Camaragibe é um berço culturalmente pulsante, uma cidade dançante. Há diversas quadrilhas juninas, folguedos e agremiações carnavalescas. Por isso, a fim de fomentar este braço da cultura e incentivar os profissionais de dança locais, a Prefeitura Municipal de Camaragibe, por meio da Fundação de Cultura, apresenta o Festival Fábrica de Dança, com oficinas e apresentações.

O objetivo, além de criar uma vitrine para os profissionais de dança, é fomentar um espaço para o intercâmbio de oficinas e espetáculos, entre os bailarinos locais e os artistas do Brasil e do mundo. “É importante este movimento de reconstrução e ampliação de oportunidades na perspectiva de promover novos olhares dos agentes culturais sobre a dança por meio da troca de experiências, de interação e debate”, destaca o presidente da Fundação de Cultura, Uel Silva.

O Fábrica de Dança, por meio do Programa Arena Cultura, traz a democratização e o acesso à população de bens culturais tão importantes para a formação do cidadão, de forma a promover a formação, a atração e a difusão de atividades culturais em todas as localidades de Camaragibe.

As inscrições nas oficinas devem ser realizadas presencialmente na hora de cada evento ou antecipado pelo telefone 3484-2687. Ao todo serão disponibilizadas 30 vagas por oficina.

Programação

Oficinas –

Centro de Criatividade Raminho do Trombone – Sede da Banda

17 /10 – Oficina De Dança Folclórica, Com O Grupo Stavbar/Eslováquia

18 / 10 – Aulão De Hip Hop, Com A Brasil Style Bgirs/Df

19/10 – Oficina De Dança Do Ventre, Com Fernanda Rafik

20/10 – Oficina De Dança Popular, Com João Paulo

21/10 – Oficina De Dança Contemporanea, Com João Paulo

 

Apresentações –

Fundação de Cultura de Camaragibe – Vila da Fábrica

18 de Outubro – às 19h

  • Dança do Ventre, com Fernanda Rafik /Pe
  • Trecho Do Espetáculo Mafuá, Cavalo Marinho, com João Paulo Lira/Pe
  • Rarara, Frevo História, com João Paulo Lira e Simone Silva/Pe
  • Me Segura Se Eu Não, com Micael Júlio/Pe
  • Frevo Sanfonado, com Gabriel Muniz/Pe
  • Perré, Guerra E Baião, 66 Anos De Vida” – Tribo De Caboclinhos Canindé de Camaragibe/Pe
  • Cavalo Marinho – Cia De Dança de A a Z/Pe
  • A Dor De Um Pai, do Grupo Gangstar
  • O Junino Em Nós – Quadrilha Mistura De Cor

19 de Outubro – às 19h

  • “Pas de deux Sublime Amor” / PE
  • “Trecho do Espetáculo Maria! / PE
  • “Liberdade, igualdade e fraternidade” / PE
  • “A parte de um todo!” / PE
  • “Fabgils” Brasil Style Bgirls/DF
  • “Briela” / PE
  • “Dança folclórica” Grupo Stavbar/Eslováquia

20 de Outubro – às 19h

  • Brutos Que Respiram – SP
  • “Variação entrada de Kitri (Ballet Don Quixote) / PE
  • “Malaguenha” / PE
  • “Pas de deux – para Midinha, O Canto do Cisne de Vila Lobos” / PE
  • “Dança Árabe” / PE
  • “Duo Chopin, trecho do Espetáculo em Cena”/ PE
  • “Sevilha” – * “A Morte do Cisne” / PE
  • “Tangos” / PE
  • “Gulnara (ballet O Corsário)

21 outubro – às 18h

  • “Pas de deux Pássaro Azul” / PE • “Todo Jazz” / PE
  • “Avant” / PE
  • “Encontro a minha verdade” / PE
  • Cia de dança afro Sagração Negra e Caboclinho Rei Tupinambá/PE
  • “Gisele, clássico repertório”/ PE
  • “Espetáculo Magna” /PE

Publicado em 16 de outubro de 2018
Por Secretaria de Comunicação