Prefeitura de Camaragibe prepara plano de contingência em caso de fortes chuvas na cidade

De janeiro até o mês de abril, Camaragibe acumulou 256,74 mm de índice pluviométrico, com um total de 227 atendimentos nas residências em todos os bairros da cidade. Com quatro áreas de risco, compreendendo mais de 30 bairros, e 20 pontos de alagamento, a Prefeitura Municipal de Camaragibe, por meio da Secretaria de Defesa Civil e as outras pastas municipais, montou um plano de contingência para que sejam minimizados os casos de emergência em decorrência das fortes chuvas que acometem Pernambuco nos meses de maio, junho e julho.

O plano de contingência de Camaragibe é utilizado no período crítico das chuvas e tem como objetivo definir as prioridades de ação, estruturação de equipes de emergência, monitoramento das áreas de maior risco e atribuições dos diversos parceiros do Sistema de Defesa Civil. Dividido em quatro estados – observação, atenção, alerta e alerta máximo – durante o período alerta, a pasta monta uma escala de plantão mensal, com engenheiros, assistentes sociais e equipe operacional que podem ser acionados a qualquer hora.

“Temos trabalhado preventivamente durante todo o ano para minimizar problemas como alagamentos e deslizamentos de barreiras. Nas áreas de risco, por exemplo, foram colocados cerca de 45.000 m² do material impermeabilizante. Sabemos que o trabalho é difícil, mas estamos certos que com a compreensão de todos, gestão e população, os nossos munícipes não sofrerão tanto com a chegada das fortes chuvas”, comenta o secretário de Defesa Civil, Roberto Ferraz.

Além das equipes de plantão, de acordo com o plano montado, cada bairro possui “voluntários da Defesa Civil”, que são pessoas que se disponibilizam a ajudar em casos de necessidade. Anualmente essas pessoas são capacitadas para atuar, identificar risco nas encostas e auxiliar nas remoções de famílias, trabalhando, inclusive, junto às equipes da Defesa Civil.

Os moradores que vivem em morros e encostas precisam estar atentos a qualquer sinal diferente e, ao perceberem ruídos estranhos ou qualquer situação fora do comum, a indicação é sair de casa e procurar abrigo. Em caso de emergência, basta ligar para o telefone: 2129-9564.


Publicado em 11 de Abril de 2018
Por Secretaria de Comunicação