Camaragibe inicia inscrições para matrículas 2018 nas escolas municipais

No período de 20 de outubro a 20 de novembro, as crianças e jovens que ainda não fazem parte da Rede Municipal de Ensino de Camaragibe, devem inscrever-se no site www.educacamaragibe.com.br. As inscrições servem para que a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Educação, possa levantar a demanda da população por ano escolar, bem como três opções de escola.
Os estudantes que tiverem realizado a inscrição online deverão acessar o referido site no período entre 15 e 31 de janeiro de 2018, para conferir onde conseguiu a sua vaga, e em seguida, comparecer a esta escola portando a documentação para efetivar a matrícula no prazo previsto. Aqueles que tiveram as inscrições canceladas por conta de dados equivocados ou incompletos, ou ainda que perderam os prazos e/ou não efetivaram matrícula na data prevista, deverão buscar sua vaga diretamente nas escolas, no período dos retardatários, a partir do dia 07 de fevereiro. A não efetivação da matrícula acarretará a perda da vaga.
Atenção:
– As inscrições podem ser feitas pelos pais via computador, notebook smartphone, iPhone e tablet;
– É necessário imprimir e guardar o COMPROVANTE DE INSCRIÇÃO após a inscrição realizada;
– Conforme legislação educacional, para cada ano de escolaridade existe uma idade exigida que consta no site, no ato da inscrição para auxiliar os pais no preenchimento;
– Os equívocos e/ou lacunas no preenchimento da inscrição acarretará na perda da vaga;
– O preenchimento das vagas existentes na Rede obedecerá à ordem de inscrição;
– A formação de novas turmas nas escolas depende da demanda apresentada na inscrição.
– É importante verificar no site www.educacamaragibe.com.br qual das três opções de escola, a criança foi localizada;
– Os pais devem comparecer à escola com original e cópia do comprovante da inscrição online, Certidão de Nascimento, comprovante de residência, cartão de vacina, histórico escolar ou declaração de transferência provisória, cartão do SUS e do NIS, tipo sanguíneo/fator RH, o laudo com CID (caso tenha), RG e CPF da criança, caso tenha, e do responsável por ela.


Publicado em 20 de outubro de 2017
Por PMCG