Doutora Nadegi sanciona lei instituindo coleta seletiva em Camaragibe

A prefeita Doutora Nadegi sancionou, na manhã desta quarta-feira (19), a Lei 873/21,
instituindo a coleta seletiva em Camaragibe. A partir da sanção, a prefeitura vai instalar ecopontos e centrais de resíduos espalhados em locais estratégicos do município, onde os moradores serão orientados sobre a questão da consciência ambiental. Também será realizado um trabalho de educação sustentável nas escolas.

De acordo com a prefeita, a prioridade com o meio ambiente da cidade é um compromisso. “Garantir a preservação do meio ambiente de maneira equilibrada dando dignidade e qualidade de vida aos catadores é a nossa missão. Nos comprometemos em preservar o meio ambiente. E, para isso, precisamos fazer com que a cidade seja sustentável. Estamos começando com um passo importantíssimo para essa meta em Camaragibe”, destacou a Doutora Nadegi.

A preocupação da gestão com a sustentabilidade é contínua. Cumprindo um compromisso de campanha, o lixão da cidade foi fechado em 2020. Em Agosto de 2021, os catadores do local foram direcionados para trabalhar em cooperativa, com a criação do primeiro Centro Municipal de Coleta Seletiva de Camaragibe.

Agora, com a legislação que disciplina o gerenciamento dos resíduos sólidos da cidade e educa os moradores sobre conservação ambiental, será garantida uma renda digna para os catadores e conscientização ambiental, dando mais um passo para o desenvolvimento sustentável da cidade.

Participaram do ato de hoje o vice-prefeito Délio Júnior; os secretários João Victor Queiroz (Governo), Diego Cabral (Planejamento e Meio Ambiente), Felipe Cabral (Desenvolvimento Econômico), Arthur Cunha (Comunicação) e Anderson Neves (Chefia de Gabinete), além do secretário-adjunto de Desenvolvimento Econômico, Ronald Santos, e da diretora de Meio Ambiente, Laura Oliveira.


Publicado em 19 de janeiro de 2022
Por Secretaria de Comunicação