Fundação de Cultura inaugura a primeira galeria pública de Camaragibe

No dia 07 de junho, Camaragibe ganha mais um espaço público dedicado à cultura e às artes. A GALERIA VILA, instalada no térreo da sede da Fundação de Cultura na Vila da Fábrica, será a primeira galeria pública da cidade fortalecendo as ações desta gestão voltadas para as Artes Visuais. A abertura da GALERIA VILA está respaldada pela Lei n. 735/2017, aprovada pela Câmara de Vereadores e sancionada pelo prefeito Demóstenes Meira, como espaço criado para promover exposições e formar público apreciador das expressões artísticas.

“Este será um momento significativo para Camaragibe onde os artistas da cidade e de outros locais poderão apresentar seus trabalhos, sejam eles fotografias, pinturas ou esculturas em mais um equipamento público no estado”, conta o presidente da Fundação, Olímpio Costa. No segmento cultural das Artes Visuais, a Fundação de Cultura realizou ainda os programas INICIARTE com uma série de oficinas lúdicas para crianças e jovens em diversos bairros da cidade e ainda o CAMARAGIBE NOS MUSEUS, com a ida de estudantes de escolas públicas do município a centros culturais e importantes museus do estado.
Abertura – A inauguração da GALERIA VILA se dá com a exposição de fotos “Diego e Frida: Um Sorriso no Meio do Caminho” que conta com apoio e parceria da Agencia Mexicana de Cooperación Internacional para el Desarolo, Secretaria de Relações Exteriores do México, Secult/PE e Fundarpe. A montagem do espaço foi realizado pela empresa Art Monta, sendo este um dos últimos trabalhos do cenógrafo e produtor Eduardo Souza, falecido neste ano.
A mostra traz imagens do trabalho nos ateliês, das viagens e vida nos Estados Unidos, dos encontros com personalidades do mundo político e artístico do casal de artistas mexicanos Frida Kahlo e Diego Rivera. Unidos por quase 25 anos – desde o casamento em 1929, até a morte de Frida em 1954 – a relação dos dois foi marcada por encontros e desencontros e o compartilhamento de experiências e competições ao mesmo tempo.
A união dos artistas abriu um caminho diferente nas relações pessoais da primeira metade do século 20 no México: a personalidade extrovertida e fantasiosa do Diego, ligada à personalidade introvertida e também fantasiosa de Frida, inauguraram um enredo e uma intriga quase explosiva. As imagens, em sua grande maioria, foram registradas pelos amigos do casal, como Manuel Álvarez Bravo, Nicholas Muray, Edward Weston, Guillermo Kahlo, Peter Jules, Guillermo Zamora e Juan Guzmán, compiladas pela primeira vez em uma mostra única criada pela Secretaria de Cultura do México, o Instituto Nacional de Bellas Artes e o Museo Casa Estúdio Diego Rivera e Frida Kahlo.

Abertura da Galeria Vila

Exposição “Diego e Frida: Um Sorriso no Meio do Caminho”
Data: Quinta – 07 de junho de 2018 – 19h
LocalAv. Dr. Pierre Collier, 465, Vila da Fábrica – Camaragibe
Aberto ao público
Mais informações: 

Publicado em 22 de maio de 2018
Por Secretaria de Comunicação