Nadegi cumpre promessa de campanha e inaugura Centro de Coleta Seletiva

Cumprindo uma promessa de campanha, a prefeita Doutora Nadegi entregou, nesta segunda-feira (23), o Centro Municipal de Coleta Seletiva de Camaragibe, em Alberto Maia. O espaço faz parte da política de fechamento do lixão municipal e tem como objetivo absorver os catadores de resíduos sólidos que trabalhavam no local.

Pilar do programa de Coleta Seletiva de Camaragibe, o centro passa a funcionar com área de triagem, armazenamento, balança, prensa, além de área de convivência para os profissionais. O ato simbólico de inauguração contou com a presença do vice Délio Júnior, do deputado federal Silvio Costa Filho, vereadores e secretários municipais. Representantes das Cooperativas dos Catadores da Dignidade e Aldeia Green também participaram do evento.

A prefeita Doutora Nadegi destacou que a entrega é um marco importante no sustento das famílias. “A inauguração do centro é o primeiro passo para a implementação do programa municipal de coleta seletiva de Camaragibe. O espaço foi pensado com a finalidade de reunir e organizar a coleta de materiais recicláveis, beneficiando a cidade e os catadores, que, hoje, contam com um espaço digno para trabalhar. Fico muito feliz com a viabilização de um equipamento como esse. Essas famílias que estavam no antigo lixão estão conquistando um espaço que é delas. Isso é um compromisso assumido que estamos cumprindo”, ressaltou.

Sílvio Costa Filho esteve presente e parabenizou a inauguração. “Hoje, Camaragibe recebe mais um equipamento de extrema essencialidade, que muitos municípios, infelizmente, não dão a atenção necessária. O Centro de Coleta representa um local fixo, adequado para o recebimento de descartes e processo de gestão adequada dos resíduos”, salientou.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Milton Micuíba, investir em programas de coleta seletiva auxilia para a geração de emprego e renda. “A coleta seletiva é um elemento fundamental na contribuição do desenvolvimento sustentável municipal, pois ajuda no âmbito ambiental, econômico e social. Para nossa esfera, a iniciativa irá contribuir fortemente na geração de emprego e renda, com inclusão social de classes mais carentes e equipamentos adequados de trabalho”, afirmou.

Já segundo o secretário de Planejamento e Meio Ambiente, Diego Cabral, a destinação correta dos resíduos colabora com a preservação da natureza e qualidade de vida dos moradores. “O centro tem o objetivo de incentivar e auxiliar o trabalho dos catadores de forma digna e profissional. Além disso, a coleta seletiva cuida do meio ambiente, garantindo um futuro saudável para a população, com a melhora da qualidade de vida, assim como para a natureza”, finalizou.


Publicado em 23 de agosto de 2021
Por Secretaria de Comunicação