Prefeitura de Camaragibe debate melhorias nos serviços residenciais terapêuticos do município

A Prefeitura de Camaragibe realizou, na manhã desta quinta (05), uma reunião que teve o objetivo de orientar profissionais que cuidam de pacientes portadores de transtornos mentais, neuroses graves, entre outras patologias psiquiátricas, instalados em residências terapêuticas do município. O evento aconteceu no auditório do Conselho Municipal de Saúde, entidade que atua em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (Sedec).

Ao falar para os cuidadores presentes a prefeita de Camaragibe, Doutora Nadegi, externou a importância de um trabalho humanizado. “Precisamos priorizar o tratamento mais humano e digno de profissionais que atuam com saúde mental. E em nome dos pacientes, peço que o trabalho seja desempenhado com amor e dedicação”, falou a Doutora Nadegi.

Os pacientes instalados nas moradias terapêuticas de Camaragibe, advindos do antigo Hospital Psiquiátrico José Alberto Maia e da Comunidade Psicoterapêutica Nossa Senhora das Graças, não possuem família ou qualquer vínculo social.

De acordo com a coordenadora de Saúde Mental do Município, Norma Cassimiro, para atendê-los, o município conta com 120 profissionais, entre cuidadores, técnicos de enfermagem, psicólogos, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, enfermeiros e psiquiatras.


Publicado em 6 de setembro de 2019
Por Secretaria de Comunicação